Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Novas modas?


A moda. O que é a moda? Não sei nem pra que serve, já que se vestir deveria ser um necessidade, em primeiro lugar, e, no fim das contas, quem sabe, estar bem vestido (o que deveria ser uma intenção própria e não para os outros). Mas, enfim, o ser humano se preocupa com o que os outros possam falar, mesmo que não seja imoral, ilegal ou engorde.

Pessoas ligadas à moda (e seus adeptos) agem e são vistos como marcianos que se acham à frente do seu tempo. Quem dita moda, dita as regras do vestuário durante todo um período. Fico embasbacado toda vez que vem uma reportagem sobre moda e o estilista/modelo/pretenso interessado diz que a grande tendência para a próxima estação é, por exemplo, a bata hippie... BATA HIPPIE? Isso se a pessoa não completar dizendo que vai combinar com a calça boca-de-sino. Não era a tendência PRA FRENTE, catzo?
Que moda ‘De volta para o futuro’ é essa que diz que novas tendências são o que foi moda há 40 anos?

É engraçado quando dizem que isso ou aquilo voltou à moda... qual é o critério? Ficamos uns 20 anos sem usar, aí a gente usa denovo. Isso é ser sofisticado e antenado... blá, blá, blá... No geral, fico muito feliz em manter meu estilo casual (jeans e camiseta), pois, como se fala “não sai de moda”. O que eu retificaria com “está à parte da moda”, já que nunca se erra ao sair assim. Quando digo “erra” digo “ninguém te enche o saco” (porque me importar mesmo em agradar, não me importo). A roupa é minha, se quiser, uso gravata na testa.

Roupas de ginástica, batas, calças boca-de-sino... pera lá, melhor admitir logo que vocês não têm imaginação pra criar nada e resolveram fazer um apanhadão das décadas passadas pra dizer como se vestir!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Novidades televisivas '10: X-Men: Evolution?!


E 2010 começou. Como foram suas entradas de anos? (e a plateia gargaaalha)

Tá, a primeira piada infame do ano publicada neste blog. E por falar nisso, vamos ao post de abertura (UIA!).

Ano novo, vida nova... Tá, a expressão é tudo, menos nova. Mas não significa que seu significado não seja pertinente (hein!?).

Estou falando pra celebrar o novo ano, boas novas, novidades e tals. Sendo assim, sugiro que você, caro garcianauta (!), assista à programação do SBT. Não é como a Record que só copia e se espelha no modelo que eles mesmos seguem (talvez para almejar tomar o lugar um dia e, assim, dominar o mundo). Não, a emissora do senhor Abravanel oferece novidades. Grandes novidades como o desenho tchubiruba X-Men: Evolution. Duvida? A birosca do desenho é novidade desde... sei lá... sempre! E, pra quem conseguiu perder isso, a trozoba começou (denovo) no programa matinal Bom Dia & Cia (saca, aquele das ex-crianças/pré-aborrescentes irritadoras de pequenos animais).

Na verdade, isso foi uma desculpa pra questionar certas incongruências que notei em aspectos básicos do desenho (tendo o conhecimento da série original nos quadrinhos ou não).

-> Ciclope: O destemido líder dos adolescentes usa óculos especiais que “seguram” seus raios ópticos (dah!). Raios que desmancham uma montanha, mas não vazam pelas laterais... como? Sei lá.

-> Jean Grey: A ruiva, no desenho, não tem codinome (aparentemente ignoraram sua versão do gibi que usou “Garota Marvel” e “Fênix”). Mas os “XisMéin” não começaram a série agindo em segredo? Como alguém pode não ter uma identidade secreta, nem máscara e agir em segredo? Ora, bolas...

-> Lince Negra: O mesmo do codinome vale para a menina Kitty Pride que não esconde o rosto em público, logo, o codinome é inútil.

-> Vampira: Além de ganhar uma versão beirando o gótico, a menina é o contrário das colegas supracitadas, pois, age em público sem uma máscara, mas não tem um nome de verdade... Como ninguém desconfiou dela antes? Tipo, alunos, essa é sua nova colega: Vampira. Ah, tá, senta ali perto do Lobisomem da Silva e do Natércio. ¬¬

-> Maria Gadú, a cantora: (Mas hein?! Não, ela não é mutante (será?), mas por parecer uma perfeita cruza da Adriana Calcanhoto com o... Pica-Pau, até que se encaixa... no meu histórico de piadas sacanas e já concorro a troféu “ta da tchisss (solinho de bateria para piadas infames) 2010”. RÁ!