Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

terça-feira, 4 de maio de 2010

A problemática dos cds/dvds “ao vivo”


Tudo bem, admito que essa é uma reclamação particular e não ouvi ninguém falar o mesmo que estou prestes a explicar. Por mais provável que seja existir uma boa quantidade de gente resmungona igual a mim. Mas, já que o espaço está aqui, discorrerei (O.o) a respeito da onda de Cds e Dvds ao vivo.

Não, não sou contra registros musicais ao vivo (alguns ficam até melhores que suas leituras originais) e também não vou entrar na questão dos acústicos (obras desnecessariamente repletas de músicas quase não modificadas só pra se vender uma pseudo-novidade – pronto, falei!).

Minha questão está na importância que se dá ao público nos intervalos das músicas. Há quem sinta falta daqueles uivos, assobios e palmas entre as faixas. Tá, a vibração do público até pode dar uma emoção a mais de você se imaginar – ou lembrar – dos momentos bacanas dos shows. Mas, porque, churrumelas, esses gritos precisam ser mais altos que a própria música?

Sério, eu curto muito um fone de ouvido. Realize: Você ta naquele embalo da canção, tudo corre às mil maravilhas e de repente, não mais que de repente, a música tem seu encerramento triunfal... Hora de pensar “Pô, que legal, gostinho de quero mais”?

NOT.

É hora de pensar: “CARAI! Que gritaria é essa logo depois de uma massagem musical nos meus ouvidos”. Essa berraria virou vírgula nos cds e dvds.

E olha que eu nem cheguei ainda na minha eterna vontade de xingar os cantores com sua mania horrenda de lançar o maldito “Só vocês!”. Só vocês ÉUCA!!! Só porque o dvd tem opção de legenda e o cd pode vir com letras no encarte não quer dizer que eu tenha que ouvir um bando de desconhecidos gritando as músicas sem critério artístico. Eu paguei, canta VOCÊ!! (e nada de picaretar mudando o modo de cantar, não! Eu conheço as músicas. Respeite as melodias e letras). Pronto, falei!²