Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

sábado, 20 de maio de 2017

Agentes Smith existem e usam redes sociais!!





Bem, vamos a uma definição rápida do conceito de Agente Smith: Smith é um personagem da franquia Matrix, baseado em agentes de segurança que protegem o sistema de neuro-interação e manipulação da mente humana (a bendita da Matrix). Basicamente, os agentes da Matrix agem como um antivírus combatendo qualquer ameaça ao bom funcionamento do sistema (por isso combatem os humanos que conseguem se desconectar de lá e enxergar o mundo real). Imagine o Windows detectando um arquivo maldoso e mandando seu firewall bloquear. Smith é o líder desse firewall.

Mas há uma curiosidade em Smith que é, não só conduzir os agentes na eliminação do perigo a seu sistema, como ele pode se replicar onde quer que seja necessário para seu trabalho. Assim, se um humano desconectado invade a Matrix pra resgatar alguém, por exemplo, qualquer pessoa por perto se transforma em um agente preparado pra lutar contra esse humano. Morfeu chega a dizer, no treinamento de Neo, que se você não é um humano desconectado, você é um agente em potencial. Um inimigo latente. Comprova-se isso na perseguição dos agentes a Neo, no terceiro ato do filme, quando ele percorre um prédio e até uma pacata velhinha cozinhando se torna um agente e usa a própria faca de cozinha como arma.


E porque eu tô falando horrores sobre o maléfico, porém carismático personagem? Porque as pessoas da vida real estão se tornando Smith em uma proporção nunca antes vista. E a 'culpa' é da internet. Bem, a última frase foi uma ironia, já que a internet é, no máximo, uma granada, quem detona ela e espalha seus pedaços no ar é quem usa. Onde for. Já reparou como antes as notícias corriam de forma mais lenta, mais controlada pelos meios de comunicação convencionais, por tanto, mais centralizadas? Pois é, isso é, de certa forma, uma herança do nazismo. Sim, um grande propagador dos meios de comunicação em massa foi... ele mesmo. Que melhor estratégia do que empurrar uma ideologia de forma massiva por meio de um só tipo de fonte?


Sendo assim, o que acontece, ainda, no Brasil, é o modelo modernizado dos MCM (meios de comunicação em massa), com os mesmos poucos grupos dominando a fonte de informação para a grande massa da população brasileira. O que significa, Saga? Titio Saga expRica: Significa que é como se em 200 milhões de pessoas, apenas 10 tomassem pra si o dever de informar a todos. Deu no que deu, um monte de lendas urbanas, mentiras, bandidos retratados como heróis, verdades escondidas e até distorcidas e por estar na TV/Jornal/Rádio, o ser humano médio acaba comprando tudo como verdade absoluta, como se a TV fosse uma força da natureza e não um instrumento usado por pessoas iguais a quem assiste, só que com intenções e interesses escondidos.


E as pessoas podem até não ter culpa, por ingenuidade e inércia mental talvez, mas não por más intenções. Mas, no fim das contas, essa falta de culpa voluntária acaba sendo o momento em que agem feito agente Smith. Quer um exemplo? Tiraram, NO GRITO, uma presidenta da república e as pessoas ainda ficam compartilhando piadinha sobre suposta corrupção de Lula. Não percebem e nem questionam os motivos de tirarem Dilma da presidência e ainda colocam no mesmo balaio a recente delação sobre Temer. Ou seja, pegaram Superman e Lex Luthor, classificaram os dois como corruptos e continuam fazendo piada como se fossem iguais. Haja montagem de whatsapp/facebook pra essa gente compartilhar sem saber que Temer e companhia enfiaram a trolha em seus... umbigos JUSTAMENTE depois de tirarem Dilma e Lula do topo.


É como eu falo, pra cada compartilhamento irresponsável dos metidos a engraçadinhos, deveria nascer uma verruga no formato de um pênis bem na testa do desinformado. Só pra essa pessoa se tocar e refletir: "É, talvez fosse melhor pesquisar sobre um assunto em vez de apenas querer ganhar visualizações de internet, só pra evitar que uma M... aconteça".


Conclusão: Assim como uma doce senhorinha estilo Palmirinha se tornou um nocivo agente da Matrix tentando matar Neo, pessoas que se acham boas cidadãs se tornam nocivos propagadores de mentiras, piorando ainda mais a pouca capacidade informativa e contestadora da grande população do país. E num país onde a grande maioria é pobre e academicamente mal formada, esse tipo de atitude só eleva os índices de analfabetismo funcional e político. Eles vão ficar repetindo 'contra isso tudo que tá aí' e 'político é tudo ladrão', porque é isso que os defensores dos Abomináveis Aécios das Neves e Temereis da vida querem. Quando Ronaldo disse que a culpa não era dele, que ele votou no Aécio, ele fez papel de idiota? Fez já na época, mas agora que seu cupincha caiu, é mole dizer que ninguém presta. Assim, você se camufla na multidão e foge de confessar que defendeu o lado errado antes.  

Nenhum comentário: